Setembro Amarelo: 3 dicas de como prestar o seu apoio

Quando entendemos que o suicídio é uma realidade e que pode afetar pessoas ao nosso redor, fica mais claro que é fundamental conversarmos a respeito. Segundo informações do Centro de Valorização da Vida (CVV), 9 a cada 10 mortes por suicídio poderiam ter sido evitadas. Para isso, separamos 3 dicas que podem te ajudar nessa missão.

1) Ouça sem julgamentos

Deixe as distrações de lado e se faça presente na conversa. Escute sem fazer qualquer comentário de crítica ou que possa fazer mal à pessoa.

2) Demonstre empatia

“Vou te ajudar a sair dessa”. Se coloque numa posição de acolhimento para que a pessoa se sinta amada e tente compreender os sentimentos e emoções dela.

3) Oriente sem pressionar

Ouvir uma bronca é tudo menos o que alguém vulnerável precisa. Há muitas formas de expressar algo, principalmente, na questão de indicar ajuda profissional. Respeite seu espaço e deixe claro que está disponível para quando ela precisar se abrir.

Nem todo herói usa capa. Ao ajudar um amigo, um familiar ou até um desconhecido, você pode se tornar um. Isso não requer conhecimento ou formação psicológica, mas sim o respeito e a empatia por quem está passando por uma fase difícil.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest